10 experiências gastronômicas em Londres

Monday 22 May 2017

O que não falta em Londres são experiências gastronômicas para agradar os paladares mais exigentes. A blogueira Deb Waldmann listou as 10 das experiências preferidas dela na capital britânica:

1. Conhecer a culinária de todo o mundo

Costumo dizer que Londres é a capital do mundo. Essa mistura de culturas se reflete com exuberância na culinária, com representantes de todos os continentes e cantos do planeta. Brick Lane tem a maior concentração de restaurantes indianos e Chinatown de chineses, mas se você quiser se aventurar pode provar a cozinha dos mais diversos países, como Tailândia, Vietnã, Uzbequistão, Eritreia (vai um vinho de mel e café com pipoca?) e Jamaica, para mencionar alguns.

 

2. Comer comida de rua nos mercados

Programa imperdível em qualquer viagem a Londres, além de boas compras e objetos curiosos come-se muito bem nos mercados da cidade, como Camden Town, Broadway Market e Old Truman Brewery. O Borough Market continua sendo o mercado hortifrúti da região de London Bridge há mais de 1000 anos e é o melhor lugar para comer frutos do mar e provar carnes exóticas como javali e avestruz. Monmouth Coffee é parada obrigatória para um café.

 

3. Deliciar-se com o melhor da alta gastronomia

São muitos os chefs estrelados que fizeram de Londres a sua base. Prova disso é o número de estrelas Michelin distribuídas pela cidade, em nada menos que 66 restaurantes, dois deles com 3 estrelas. Tenha um almoço memorável a um ótimo custo-benefício em dias úteis, quando muitos restaurantes estrelados oferecem menus degustação a preços reduzidos.

 

4. Jantar com Londres a seus pés

Taí um programa delicioso: almoçar ou jantar apreciando Londres do alto. Alguns dos arranha-céus de Londres têm restaurantes abertos ao público em seus andares mais altos, como o Aqua Shard, Sushi Samba e Duck & Waffle (os dois na Heron Tower) e o Sky Garden, no prédio carinhosamente apelidado pelos londrinos de Cheese Grater – literalmente, ralador de queijo! Também fantásticas são as vistas dos restaurantes e cafés da Tate Modern. Não são exatamente uma barganha, mas é um valor justo por uma experiência diferente. Você pode sempre optar pela opção mais econômica: tomar um drink ou um café.

 

5. Tomar um chá da tarde gourmet 

O chá das cinco (que na verdade é servido a qualquer hora da tarde) é uma grande tradição britânica, na qual não podem faltar scones – pãezinhos doces super macios - com geleia, finger sandwiches - sanduichinhos de pão de forma com recheios variados -, e vários tipos de chá. Hotéis de luxo como o Ritz e o Claridge’s oferecem uma experiência de chá requintada, enquanto outros criaram chás temáticos e descontraídos, como o Pret-à-Portea do hotel The Berkeley. O preço é alto, mas você pode repetir as gostosuras salgadas e doces o quanto quiser, ou seja, o chá vale por uma refeição completa. É sempre imprescindível reservar com antecedência.

 

6. Fortnum & Mason 

A loja Fortnum & Mason merece uma menção específica porque é o paraíso dos apreciadores da boa mesa em Londres. Há mais de 300 anos servindo a família real com as mais requintadas gulodices, este é o lugar para comprar o melhor chá, geleias, biscoitinhos ou uma cesta de pique nique gourmet (uma das especialidades da loja) para apreciar no Green Park, que fica a poucas quadras dali. As embalagens dos produtos são tão lindas que podem se transformar facilmente em souvenir de Londres para a família e amigos. É uma boa opção para tomar o chá das cinco.

 

7. Gastropubs

Historicamente estabelecimentos dedicados às bebidas alcoólicas, os pubs tiveram que se reinventar nos anos 90 para manter a clientela e começaram a servir comida. Alguns colocaram tanto foco na atividade que se tornaram gastropubs. Há excelentes gastropubs em Londres, cujo cardápio vai muito além de Sunday Roast e Shepherds Pie.  Gastropubs estrelados como o The Hinds Head e The Hand and Flowers fazem valer a visita às cidadezinhas de Bray e Marlow.

 

8. Food Courts

 

Os Food Courts, ou áreas gastronômicas das lojas de departamentos, também são pontos turísticos interessantes para os amantes da gastronomia. O food court em estilo vintage da Harrod’s é um deleite para os olhos tanto quanto para o paladar, mas também valem a visita os da Harvey Nichols e Selfridge’s, com produtos sofisticados de todo o mundo, e comidas frescas que podem ser apreciadas no local.

 

9. Cinema gourmet

Não sei se é uma invenção londrina, mas é uma experiência e tanto assistir um filme no sofá do charmoso Everyman Cinema em Hampstead ou em uma cama do centenário Electric de Notting Hill, enquanto o jantar é servido dentro da sala de projeção. Um programão, principalmente nas noites longas e frias de inverno.

 

10. Jantar com locais em um Supper Club

Moda que pegou nos últimos anos, o Supper Club é um jantar organizado por um chef profissional em sua própria casa. É uma oportunidade de conhecer pessoas que moram na cidade e saber mais sobre a cultura e hábitos dos locais. Sites como Eath With intermediam contatos entre cozinheiros e comensais, e dois brasileiros organizam eventos nas suas casas: a Helô Righetto e o Luiz Hara

*Dicas de Deborah Waldmann, brasileira que morou 7 anos em Londres. Deb foi convidada a escrever especialmente para a série "Grã-Bretanha para Brasileiros" do VisitBritain. Ela também escreve para o blog Segredos de Londres.

Últimos posts

5 filmes que amamos sobre a Escócia

Leia mais
5 filmes que amamos sobre a Escócia

Tour do whisky escocês

Leia mais
Tour do whisky escocês

15 motivos para visitar a Escócia

Leia mais
15 motivos para visitar a Escócia

A Inglaterra de Jane Austen

Leia mais
A Inglaterra de Jane Austen

Verão na Grã-Bretanha

Leia mais
Verão na Grã-Bretanha