Chegando em Gatwick: o que fazer nos arredores

Saturday 28 July 2018

O aeroporto de Gatwick é um dos maiores de Londres, e também um dos mais distantes do centro da cidade. Oferece a oportunidade perfeita para quem deseja melhor o sudoeste da Inglaterra, indo além da capital britânica. Conheça algumas ideias de roteiros possíveis na região.

Dove si trova Gatwick

O aeroporto de Heathrow é o maior da Grã-Bretanha, e porto de chegada dos voos diretos do Brasil. Mas quem vem de outras cidades na Europa tem mais chances de chegar pelo aeroporto London Gatwick, que fica a 45km de distância do centro. Quem vai a Londres conta com ótimas opções de trem, inclusive com o serviço Express. Mas é um estímulo e tanto para quem quer ir além de Londres para descobrir mais da Inglaterra.

O que ver a partir de Gatwick... em três dias

Viaggio a Brighton

Pegue o trem em Gatwick e em apenas 30 minutos estará em Brighton, conhecida como "Londres a beira-mar". Caminhar pela orla até o píer, visitar o palácio de estilo indiano, ver a cidade do alto do BA i360 e ver o pôr do sol no Canal da Mancha são só alguns dos atrativos de Brighton. Isso sem falar nas compras - tá aí um lugar ideal para quem quer ir às compras. Faça de Brighton a sua base para explorar este roteiro de 3 dias.

Visitare Hastings

Você já ouviu falar em Hastings? Na Grã-Bretanha ela é chamada de "a terra de 1066", em alusão à batalha de 14 de outubro de 1066, quando os Normandos venceram os Saxões e conquistaram a coroa da Inglaterra. Hastings está entre os 10 maiores atrativos do sudoeste porque combina história, a beleza de uma antiga vila de pescadores e a majestade de um castelo sob o penhasco - ou o que restou do castelo. Hastings está a cerca de uma hora de trem de Brighton. Três dias inteiros são suficientes para desbravar Brighton e Hastings, duas pérolas do litoral inglês.

O que ver a partir de Gatwick... em uma semana

Visitare Portsmouth

Depois de conhecer Brighton e Hastings, pegue um trem até Portsmouth. Situada no condado de Hampshire, o porto de Portsmouth foi crucial para o seu desenvolvimento ao longo da história - e ainda é até hoje, e uma das atrações por aqui é conhecer navios importantes em exposição. Um deles é o Her Majesty's Naval Base Portsmouth, uma das três bases operacionais da Marinha Real Britânica no Reino Unido. Vale subir ao topo da Torre Spinnaker, com seus 170 andares, para uma vista única, enquanto prepara-se para encantar-se com o próximo destino da rota.

 

Pegue a balsa em Portsmouth para chegar à Ilha de Wight, um trajeto de 45 minutos que custa cerca de £22 ida e volta. Se quiser, pode manter Portsmouth como base e fazer um bate-volta, mas o ideal mesmo é ficar na ilha e aproveitar paisagens icônicas, como as Needles (foto). Muitos conhecem a Ilha de Wight por seu festival anual que começou em 1970, com a  presença maciça dos hippies. Além da música e da paisagem, a ilha possui dois tesouros imperdíveis: a Osborne House, residência construída pela rainha Victoria e seu amado marido, o príncipe Albert. O local se tornou o refúgio da rainha em seus muitos anos de luto. O segundo são os tomates nativos da ilha, um dos destaques da culinária local. Não dá para sair sem experimentar!

 

 

 

 

Últimos posts

Chegando em Gatwick: o que fazer nos arredores

Dove si trova Gatwick
Chegando em Gatwick: o que fazer nos arredores

Roteiro: a Ilha de Avalon na Inglaterra

Roteiro: a Ilha de Avalon na Inglaterra

10 lugares para um chá da tarde perfeito para o Instagram

10 lugares para um chá da tarde perfeito para o Instagram

Grã-Bretanha mística

Callanish Stones
Grã-Bretanha mística

15 curiosidades sobre Wimbledon

15 curiosidades sobre Wimbledon