Dicas: viagem sustentável na Grã-Bretanha

A Grã-Bretanha avança cada dia mais em direção à sustentabilidade e ao longo de toda a ilha você encontrará restaurantes, acomodações e passeios ecológicos em abundância. Veja dicas para aproveitar o melhor do turismo ecológico e sustentável na Grã-Bretanha.

Viajar ecologicamente

Train crossing the rural landscape of Argyll and Bute, Scotland.

Ao viajar dentro da Grã-Bretanha, se puder escolher entre o avião e o trem, escolha o trem. Além de reduzir a sua pegada de carbono no planeta, você aproveitará cenários belíssimos ao longo do caminho. Além das rotas tradicionais há trens que são uma experiência por si só, como os trens noturnos Caledonian Sleeper, que vai de Londres às Terras Altas da Escócia, e o Night Riviera, que vai de Londres até a Cornualha, atravessando a Riviera Inglesa. 

Para passear por lugares onde o trem não passa, que tal alugar um carro híbrido ou elétrico? A demanda por veículos "verdes" é altíssima entre as locadoras de carros do Reino Unido e há muitas opções a se escolher. Com um carro híbrido ou elétrico você faz uma road trip, testa suas habilidades de dirigir na mão inglesa e aprecia a paisagem de modo ecologicamente correto. 

 Cycling by the river Thames on a sunny day in London with Canary Wharf in the background

Poucas experiências são tão gratificantes quanto conhecer a Grã-Bretanha de bicicleta. Além dos cenários urbanos, há uma infinidade de rotas espalhadas por toda a ilha, das montanhas ao litoral, atravessando parques nacionais de tirar o fôlego. A empresa Wheely Wonderful Cycling oferece passeios guiados de bicicleta pelo interior da Inglaterra, com os mais variados temas e roteiros. Outra opção é a Rede Nacional de Ciclismo, que inclui uma rota que atravessa a ilha de um mar a outro, indo de Cumbria a Durham. Pedalar pela Grã-Bretanha é ser parte da natureza ao redor, deixando apenas as preocupações para trás.

1
London Euston

Estar em comunhão com a natureza

A deer on a path in Savernake Forest, Wiltshire, England.

 

As reservas  ambientais são levadas muito a sério na Grã-Bretanha. Em toda a ilha, que é menor que o estado de São Paulo, há 15 Parques Nacionais e 46 Áreas de Incrível Beleza Natural oficialmente listadas. Em todos estes lugares há comunidades locais que se dedicam ao máximo à preservação destes espaços verdes. 

Hikers walking down Wales Coast Path

 

Condados de Devon, Cornwall, Somerset e Dorset são mundialmente famosos por suas trilhas cênicas, conectando paisagens vastas e vilarejos pitorescos. No País de Gales, um caminho litorâneo percorre o país de norte a sul, em uma jornada como nenhuma outra. Na Escócia, poucas experiências se igualam a uma caminhada em meio ao vale de Glencoe, nas Terras Altas, como os highlanders faziam. Caminhando, escalando, andando de bicicleta... há muitos meios de estar em contato com a essência natural da Grã-Bretanha. 

2
Peak District National Park

Comer mais plantas

We Are Vegan Everything, London, UK

 

Mesmo que a sua dieta habitual não seja vegetariana, não deixe de experimentar a incrível gastronomia plant-based do Reino Unido. Londres é referência em alimentação vegetariana e um bom lugar para começar é o Mildreds, o mais popular da cidade. Fundado em 1988 no Soho, a rede vegetariana já conta com três unidades na capital. Já um restaurante plant-based cheio de estilo é o W.A.V.E. (We are Vegan Everything), no bairro tendência de Hackney. Quem quiser experimentar sabores tradicionais britânicos em uma releitura plant-based, siga para o primeiro pub totalmente vegano de Londres, o Spread Eagle, em Homerton. Vale provar as versões plant-based da torta clássica Cockney e da Táboa de Ploughman.

3
Mildreds

Ser um consumidor consciente

Brick Lane Vintage Market

Outra forma de reduzir sua pegada de carbono é trocar a moda fast fashion pela moda vintage e itens de segunda mão. E Londres é o lugar que transformou os brechós em verdadeiras tendências de moda. No leste de Londres, o mercado de Brick Lane é reduto de modelos em busca de peças exclusivas. Em Portobello Road, Notting Hill, artigos vintage estão em todos os cantos. Em Brighton há um mercado de pulgas permanente, o Snoopers Paradise. Se o seu destino é a capital escocesa, há três lojas vintage da W. Armstrong and Son espalhadas por Edimburgo, incluindo a loja principal em Grassmarket.

4
Portobello Road Market

Escolher a acomodação certa

Que tal ficar em uma cabana de madeira em meio às Terras Altas da Escócia? O Eagle Brae é uma vila resort que traz o luxo de forma rústica, em meio à natureza. Muito diferente das redes de hotéis internacionais, o Eagle Brae tem acomodações cinco estrelas em meio a 8.000 acres de paisagem escocesa preservada, com muita consciência ecológica. 

Seguindo a ideia de turismo sustentável, escolhas simples como hospedar-se em um Bed & Breakfast familiar tem um ótimo impacto nas comunidades locais, principalmente fora dos centros urbanos. O Quiet Site é o primeiro espaço de acomodação "zero desperdício" da Grã-Bretanha, localizado no Distrito dos Lagos. As opções variam entre Toca do Hobbit, chalés, cabines, glamping pods e as Gingerbread Houses, que geram mais energia do que utilizam.

5
Quiet Site

Ir a restaurantes "verdes"

Silo Restaurant in Brighton

Desperdício zero: este é o conceito do restaurante Silo, que abriu sua primeira unidade em Brighton, mudando-se depois para Londres. Listado no guia Michelin, o restaurante do chef Douglas McMaster tem uma cultura de 100% de reaproveitamento dos materiais. O que não é consumido pelo restaurante e seus clientes vai para uma composteira orgânica com capacidade de processar 60kg de lixo em adubo, em apenas 24 horas. O adubo é então distribuído na comunidade local.

O Silo é um dos 20 restaurantes britânicos que receberam a "Estrela Verde" do guia Michelin. Outro destaque na lista de zero-waste é o WTLGI (Where The Light Gets In), em Stockport, que criou um menu degustação com alimentos normalmente descartados durante o preparo. Já o gastropub The Black Swan, perto de York, ganhou o selo verde por cultivar praticamente todos os itens do menu em sua própria fazenda. Na mesma linha, o Inver serve frutos do mar frescos e carne nativa do local onde está baseado, às margens do Lago Fyne na Escócia. 

Restrições em viagens estão em vigor devido à Covid-19. Recomendamos que você sempre verifique os sites das atrações individuais para obter as informações mais recentes, pois os detalhes estão sujeitos a alterações.

29 Jun 2021(last updated)

Leia também