Lua de mel na Grã-Bretanha

Saturday 10 June 2017

Conheça os lugares românticos da Grã-Bretanha favoritos para uma viagem de lua de mel

Escócia e o charme das Terras Altas

Em meio a montanhas escarpadas, vales e lagos cristalinos, as Terras Alltas são uma imersão na cultura única da Escócia. Um universo composto por gaitas de foles, kilts e os melhores uísques do mundo junto aos highlanders, um povo que une a magia dos celtas com a bravura dos vikings. As Terras Altas foram inspiração para sucessos como Coração Valente e Harry Potter, a animação Valente da Disney e a série Outlander.

Uma lua-de-mel nesta região tão especial da Escócia oferece uma série de momentos intimistas em paisagens selvagens. Para deixar tudo ainda mais charmoso, a hospedagem é em castelos como o Inverlochy Castle e propriedades histórica como a Cameron House e a Culloden House, ou em resorts de golfe como o Gleneagles, além dos muitos hoteis boutique e B&Bs luxuosos. Para completar a experiência escocesa o roteiro deve incluir alguns dias na capital Edimburgo, patrimônio da humanidade.

País de Gales: castelos, aventura e romance

A região norte do País de Gales é um refúgio apaixonante e cheio de experiências. Aqui normalmente os pombinhos começam com a rota dos castelos medievais, que estão entre os mais belos do Reino Unido. Depois desbravam de trem (ou a pé) a subida da montanha mais alta do país, Snowdon, no magnífico Parque Nacional de Snowdonia. Para um toque extra de arenalina pode-se experimentar a tirolesa mais veloz do mundo, que fica em Snowdonia.

De Snowdonia segue-se um caminho que passa por vilarejos charmosos, com restaurantes repletos de delícias locais e onde aprende-se algumas palavras em galês com um povo muito acolhedor. O destino final é a Ilha de Anglesey, onde casais apaixonados selam o amor à moda William & Kate - o casal Real escolheu a ilha como morada após o casamento. Podem hospedar-se no castelo Chateau Rhianfa, no hotel Palé Hall e em um dos muitos B&Bs boutique. O norte de Gales fica pertinho de Liverpool, berço dos Beatles e de Manchester, templo do futebol, o que ajuda a dinamizar ainda mais o roteiro.

Inglaterra: romance à moda antiga

Palco de romances como Orgulho e Preconceito e Razão e Sensibilidade, Bath é uma das cidades mais adoráveis da Inglaterra e grande inspiração de Jane Austen. Era o destino de férias da aristocracia britânica devido às suas famosas águas termais, sobre as quais os Romanos ergueram um imponente templo, hoje transformado em museu. O Thermae Bath Spa (abaixo) utiliza água da mesma fonte descoberta pelos Romanos, 2 mil anos atrás, e ainda oferece vistas lindas da cidade.

A cidade inteira de Bath é considerada Patrimônio Mundial da UNESCO e sua localização é perfeita para quem quer desbravar outros vilarejos românticos como as Cotswolds (abaixo) e destinos como Bristol, Stonehenge e Cardiff, capital do País de Gales.

Dentre os melhores lugares para se hospedar na lua de mel estão o hotel boutique Villa at Henrietta Park, o hotel de luxo The Gainsborough Spa e o The Royal Crescent Hotel & Spa, em um dos edifícios mais importantes da cidade.

Londres: romance na capital do mundo

Como cidade cosmopolita e maior capital da Europa, Londres oferece uma infinidade de passeios românticos e experiências a dois. Pode ser uma cápsula exclusiva com champanhe na London Eye, jantares românticos com vistas panorâmicas como a do Aqua Shard, um musical clássico como O Fantasma da Ópera em West End e um jantar no barco cruzando o rio Tâmisa, aos pés do Big Ben iluminado.

Além dos restaurantes e atrações, Londres é a capital mundial das compras - oportunidade perfeita para escolher o enxoval. Com 48% de área verde, oferece muitas oportunidades de passeio por parques e belos jardins. Sem contar a variedade de hotéis de luxo, hoteis boutique e B&Bs românticos - são tantos que nem dá para listar. Leia mais sobre passeios românticos em Londres.

Você sabia?

A pequena cidade de Gretna Green, na fronteira da Escócia com a Inglaterra, está entre os destinos mais populares de casamento do mundo. Nos anos 1700, Inglaterra e País de Gales exigiam 21 anos como idade mínima para o casamento. Com as leis mais flexíveis da Escócia, casais jovens apaixonados 'fugiam' para Gretna Green para se casar e, aos poucos, o vilarejo foi se tornando um símbolo da união baseada no amor verdadeiro, e não nas trocas e interesses financeiros tão comuns à época. Mencionada nas obras de Jane Austen e Agatha Christie, Gretna Green continua atraindo casais apaixonados.

______________________________________________________________________________________________________

Mais artigos sugeridos:

Últimos posts

Chegando em Gatwick: o que fazer nos arredores

Dove si trova Gatwick
Chegando em Gatwick: o que fazer nos arredores

12 atrações natalinas em Londres

12 atrações natalinas em Londres

Hogmanay, a grande festa escocesa de Ano Novo

Hogmanay, a grande festa escocesa de Ano Novo

Decoração de Natal em Londres homenageia Freddie Mercury

Decoração de Natal em Londres homenageia Freddie Mercury

Restaurantes veganos no Reino Unido

Restaurantes veganos no Reino Unido