Música na Escócia

Conhecida pela sua tradicional música folk, a Escócia tem um rico legado musical, construído há centenas de anos e popular até os dias de hoje. Seus festivais internacionais são sempre repletos de muita música. De grandes arenas a pequenos palcos, a Escócia conta com uma variedade incrível de músicos de primeira categoria. Glasgow, cidade da música de acordo com a UNESCO, possui alguns dos locais mais renomados do país.

A highland piper playing the bagpipes. Standing in traditional Scottish piper's uniform on top of rock formation overlooking river and green rolling hills and landscape in Perthshire, Scotland.

 

Casa de show e bar King Tut’s Wah Wah Hut, Glasgow

King Tut's Wah Wah Hut é um bar com música ao vivo na maior cidade da Escócia. Descrito pela revista britânica NME como “provavelmente a melhor pequena casa de shows do mundo”, sua capacidade máxima é de 300 pessoas. Também conhecido como King Tut’s, o local marcou a carreira de diversas bandas, especialmente o Oasis, que acabou contratado pelo executivo musical Alan McGee no local, em 1993. Outros grandes astros da música também passaram por aqui, incluindo The Verve, My Chemical Romance, Manic Street Preachers e muitos outros. Recentemente, o local recebeu a ilustre presença de Paolo Nutini, Lewis Capaldi e The 1975, tornando-se  uma plataforma para artistas emergentes tanto da Escócia como de outros países.

 

Casa de shows Barrowland Ballroom, Glasgow

Cheia de nostalgia, a casa de shows The Barrowland Ballroom é uma peça-chave para o ilustre cenário musical da Escócia. Reinventada como casa de shows nos anos 1980, o até então salão de dança com piso suspenso e qualidade acústica excepcional fazem dele um dos locais preferidos dos fãs. David Bowie, The Clash, The Smiths, Muse, Foo Fighters e Franz Ferdinand já tocaram na casa. A banda Simple Minds gravou o clipe de Waterfront aqui. 

 

SSE Hydro, Glasgow

The SSE Hydro and SEC Armadillo buildings. Part of the Scottish Event Campus near the River Clyde, Glasgow, Scotland.

Maior local de espetáculos da Escócia, a arena SSE Hydro  está na antiga Queen’s Dock em Glasgow e recebe as maiores estrelas da indústria da música. Com seu formato elíptico, a arena também foi palco do MTV Europe Music Awards. Capaz de receber mais de 14.000 pessoas, a arena já recebeu Katy Perry, Take That, Iron Maiden, Blink 182, U2, Rod Stwart, Lionel Richie e muitos outros.

 

Edinburgh Corn Exchange, Edimburgo

Construído em 1909 como um local onde os comerciantes podiam trocar grãos, o Edinburgh Corn Exchange foi reestruturado nos anos 1990 como casa de eventos. Sua capacidade é de 3.000 pessoas e já foi palco de apresentações legendárias, incluindo artistas como Prodigy, Stereophonics e Justin Timberlake. O local também possui instalações de lazer e estrutura para receber eventos esportivos.

 

La Belle Angele, Edimburgo

Outro local fundamental para a construção da bagagem musical da Escócia, La Belle Angele  já recebeu bandas como Oasis e Radiohead, mas foi devastado por um incêndio em 2002. Ressurgindo das cinzas quase 13 anos depois, com uma instensa reforma, e agora recebe artistas em ascensão ao lado de grandes nomes da música.

 

Fat Sams, Dundee

Reconhecido por atrair grandes bandas em seus palcos, a casa de shows Fat Sams está no coração da cena musical de Dundee. Jake Bugg, Simply Red e The View estão entre alguns dos nomes que já performaram no local.

 

The Ironworks, Inverness

Localizado no coração de Inverness, a casa The Ironworks já recebeu muitas estrelas da música desde que abriu suas portas em 2006. A casa especificamente construída para shows de musica ao vivo já recebeu bandas como Kasabian, Primal Screen, Mumford & Sons, Morrissey e The Charlatans em seus palcos ao mesmo tempo em que também foi uma plataforma para artistas emergentes e talentos locais.

Glasgow pode até ser considerada o auge da cena musical da Escócia, mas há uma infinidade de talentos por todo o país e você pode descobrir mais da história da Escócia com a nossa playlist especial de bandas e talentos escoceses.