Londres: rotas históricas

Ao passear por palácios icônicos e parques frondosos dignos da realeza, você segue os passos da rica história de Londres. Residências majestosas, caminhos da realeza e uma viagem pelo passado marítimo da cidade, esses percursos pedestres feitos sob medida permitem que você absorva a essência de Londres a pé.

Londres a pé: caminhos da realeza

Westminster Abbey, London. The vast abbey has held coronations since 1066.

Percurso: 7 quilômetros

Sede das coroações da Grã-Bretanha desde 1066, a Abadia de Westminster é um ótimo local para começar um passeio por marcos Reais de Londres. Se você está planejando uma viagem para a Grã-Bretanha, pode reservar um lugar para ver o interior deslumbrante da Abadia ou simplesmente parar para uma foto rápida de sua fachada maravilhosa.

De um clássico Real à outro, os visitantes podem se encantar com o epicentro da realeza de Londres -  o Palácio de Buckingham, localizado próximo ao Parque St. James. O Palácio de estilo neoclássico mundialmente famoso, remonta ao ano de 1703 e tem servido como a principal Residência Real na capital desde o reinado da Rainha Vitória.

The Mall heading towards Buckingham Palace, London. Lined with trees and Union Jack flags.

A próxima parada é o The Mall – uma avenida extensa e toda arborizada e com bandeiras da nação, que conecta o Palácio de Buckingham ao grande Admiralty Arch. Aqui você poderá facilmente imaginar as incontáveis procissões reais que ocorreram ao longo de centenas de anos.

Continue o passeio pelo Parque Real para testemunhar a personificação da tradição britânica na Cerimônia da Troca de Guardas de Whitehall, uma chance de tirar uma foto dos protetores da Rainha.

London Skyline. The view to the east along the River Thames from the Palace of Westminster, the Houses of Parliament and Westminster abbey.

Ao caminhar em direção ao Rio Tâmisa, você verá o Big Ben e a Praça do Parlamento, dois dos marcos mais famosos da Grã-Bretanha. De lá, siga às margens do rio em um percurso de 5 quilômetros, até chegar à Tower Bridge. No caminho você encontrará o Royal Festival Hall, a Galeria de Hayward, o teatro Globe de Shakespeare e o histórico navio HMS Belfast. Feche com chave de ouro mergulhando na história da capital na Torre de Londres, fortaleza de 1.000 anos listada como Patrimônio Mundial da UNESCO, e que também abriga as deslumbrantes jóias da coroa.

Londres a pé: história marítima

National Maritime Museum, Greenwich

Percurso: 7 quilômetros

Pegue um barco no rio Tâmisa e siga em direção ao bairro de Greenwich, em uma viagem pela história do passado marítimo de Londres. Lá você encontrará o barco-museu Cutty Sark, onde é possível seguir os passos do capitão e da tripulação – tanto acima quanto abaixo do convés!

O próximo porto de escala é seu vizinho Old Royal Naval College, monumento importante dentro do Maritime Greenwich, Patrimônio Mundial da UNESCO. Os terrenos imponentes, a arquitetura grandiosa e o famoso interior do Painted Hall abrangem cinco séculos de história – aqueles que estão planejando uma viagem, podem começar fazendo essa tour virtual 360º!

Os aficionados por história não vão querer perder uma viagem gratuita ao Museu Marítimo Nacional, que reabrirá suas exposições e galerias a partir de 7 de setembro de 2020. Os fãs da família Real também poderão visitar a Galeria de Arte de Queen’s House, com ingressos disponíveis para a atual exposição ‘Faces of a Queen’. Ambos os locais possuem o selo ‘We’re Good To Go’ (Estamos Prontos), para que você possa visitar com segurança.

De lá, os fãs de atividades ao ar livre podem continuar apreciando a atmosfera majestosa da área, explorando o Parque de Greenwich. Com 183 hectares, esse extenso oásis verde já foi apreciado por membros da realeza e ainda é o lar de uma árvore antiga, conhecida por ser o carvalho da Rainha Elizabeth!!

Em seguida, suba até o topo da colina do Parque de Greenwich, onde você será agraciado com o Observatório Real e uma das melhores vistas de Londres. O Observatório oferece a oportunidade de espiar o impressionante horizonte da capital do alto, recompensando os caminhantes com uma vista incomparáve do Museu Marítimo, da Casa da Rainha e do outro lado do Rio Tâmisa para Canary Wharf.

Aerial view over London, the River Thames and the historic buildings and parks of Greenwich.

Depois, é hora de descobrir o local exato em que Londres definiu seus relógios, a linha do Meridiano Primário. Esta localização monumental é onde o leste encontra o oeste na longitude 0º, definindo o ponto do fuso horário da Grã-Bretanha, o Meridiano de Greenwich (GMT). Antes que isso fosse decidido, no final dos anos 1800, quase todas as cidades mantinham seu próprio horário local! O Parque de Greenwich também têm mais à ser descoberto, incluindo a Ranger’s House, um lago para passear de barco e um coreto utilizado como ponto de encontro para atividades de lazer, classificado como Grau-II.

Meridian Line, Royal Observatory Greenwich

Se você for um explorador experiente, pode estender sua aventura sobre o legado marítimo de Londres ao longo do Rio Tâmisa, uma rota que inclui a possibilidade de passear de caiaque ou fazer stand up no Centro de Esportes Aquáticos Docklands Sailing, antes de seguir o famoso canal em direção ao Museu de Londres Docklands, e descubra como a cidade foi tansformada pelas novas docas no início do século XIX.

Londres a pé: história de Hampstead

Walkers with dog on Hampstead Heath, passing large tree.

Percurso: 5 quilômetros

Situado no noroeste de Londres, o adorável bairro de Hampstead é um oásis de arquitetura, áreas verdes e pubs aconchegantes. Comece essa rota de caminhada na Keats House, repleta de história e cultura. Localizada a poucos minutos a pé da estação de metrô Hampstead, a vila Regency é a antiga casa do renomado poeta romântico John Keats.

Em seguida, descubra o fascinante Hamstead Heath. Aprecie a beleza natural de um dos maiores parques de Londres e sua ampla área verde, também com piscina e uma vista e tanto da cidade no topo do Parliament Hill.

Hampstead Pergola, a hidden gem of Hampstead Heath. Surrounded by trees and bushes.

Depois, delicie-se com um pouco de nostalgia e pare na casa em forma de navio do almirante – dizem que a casa inspirou o exêntrico personagem Admiral Boom da autora de Mary Poppins, P.L. Travers. Depois de tirar uma selfie, prepare-se para descobrir um jardim secreto encantador no Jardim de Hampstead Hill.

Durante sua caminhada em Hampstead, o tesouro escondido de Hill Garden pode proporcionar a sensação de parecer estar em um conto de fadas romântico. Deixe o mundo real para trás enquanto passeia por passarelas cobertas de hera, colunas neoclássicas e lagoas serenas.

Depois de ter caminhado por este tranquilo jardim secreto, continue até Kenwood House. Rodeado por jardins paisagísticos deslumbrantes, o amplo edifício branco é uma obra-prima do arquiteto escocês do século XVIII, Robert Adam.

 

Recomendamos que você verifique todos os locais, sites de atrações e eventos antes de viajar, para que possa explorar a Grã-Bretanha com segurança.

23 Sep 2020(last updated)

Mais artigos