Sete dos melhores mercados de Natal e atividades de inverno

Luzes cintilantes, vinho quente, atmosfera festiva e presentes fabulosos – os mercados de Natal do Reino Unido estão de volta maiores e melhores do que nunca em 2018. Montados em algumas das cidades mais bonitas do país, eles oferecem experiência de compras, passeios turísticos e diversão.

Bath Christmas Market, sudoeste da Inglaterra (22 de novembro a 9 de dezembro)

Uma mistura encantadora de ambiente histórico com clima de inverno toma conta do Bath Christmas Market. São mais de 200 chalés pop-up nas belas ruas georgianas de Bath. Os visitantes encontram uma variedade imensa de presentes para levar para casa, entre eles joias, objetos para casa e acessórios. No ano passado, mais de 80% dos feirantes vieram de Bath e do sudoeste da Inglaterra e 99% dos produtos oferecidos eram feitos à mão na Grã-Bretanha ou no exterior com certificação Fairtrade, que garante a origem ecológica e socialmente correta. Há sempre novas barracas para explorar, além dos favoritos de sempre. Para repor as energias, as opções do cardápio do The Lodge, no coração do mercado, são bem variadas.

Confira também: Bath on Ice, a pista de gelo aberta de 16 de novembro a 6 de janeiro de 2019, e o minigolfe Glow in the Dark; uma trilha de Natal no Prior Park Landscape Garden em dezembro; e Shoppers' Carols em Bath Abbey, corais natalinos que se apresentam em várias datas durante a época festiva.

 

Birmingham’s Frankfurt Christmas Market, região central da Inglaterra (15 de novembro a 23 de dezembro)

Uma das atrações favoritas do calendário natalino de Birmingham, este é o maior mercado de Natal típico alemão fora da Alemanha e da Áustria. A grande variedade de presentes e produtos tradicionais está disposta em 120 barracas. O espírito alemão aparece também nas opções gastronômicas, com grande oferta de schnitzels, bratwursts, gluhwein e weissbeer. Além de proporcionar um gostinho de Alemanha em plena Birmingham, a feira atrai pela localização na Victoria Square e pelo programa de música ao vivo que torna o ambiente ainda mais festivo.

Confira também: Novo mercado ao ar livre da Catedral de Birmingham e Gruta do Papai Noel, além de um programa completo de eventos de música e cinema durante a época festiva; patinação ao ar livre no Ice Rink Birmingham   ,e a Big Wheel Experience, de 15 de novembro a 27 de janeiro de 2019; um novo evento para 2018 (14 a 22 de dezembro), a   Enchanted Weston , uma experiência iluminada após a noite em parques deslumbrantes com música ao vivo e comida.

 

Edinburgh Christmas Market, Escócia (16 de novembro a 5 de janeiro)

Mesmo se você viajar depois do Natal, ainda terá a chance de desfrutar de algumas atrações festivas na cidade, já que o mercado de Natal de Edimburgo segue firme como parte do Edinburgh’s Christmas, um programa de entretenimento de seis semanas realizado no centro da cidade, até o início de janeiro. Embora não abra no dia de Natal, ele funcionará até as 20h da véspera. Traga, portanto, muitas sacolas para encher com artesanato, guloseimas e produtos natalinos tradicionais ou sob medida. O mercado é armado em East Princes Street Gardens, com uma vista perfeita do Edinburgh Castle ao fundo e perto de algumas das principais atrações da cidade.

Confira também: The Big Wheel e parques de diversões em East Princes Street Gardens; La Bordel, uma empresa de performances multipremiada, que apresenta o show La Clique Noel Part Deux ; e 24 Horas do Advento, um calendário do advento da vida real onde Edimburgo abre suas portas de 1 a 24 de dezembro para mostrar os edifícios únicos da cidade. 

 

Belfast Christmas Market, Irlanda do Norte (17 de novembro a 22 de dezembro)

Tendo como pano de fundo um dos edifícios mais emblemáticos da capital da Irlanda do Norte, o Belfast City Hall, este mercado natalino retorna em 2018 com sua mistura invejável de produtos artesanais e bancas repletas de pratos da cozinha internacional em sua praça de alimentação ao ar livre. Delicie-se com crepes, nacos de porco assado, queijos Gluhwein e continentais, e não deixe de visitar o tradicional bar irlandês de Lavery, que é animado com música regional ao vivo. As crianças vão adorar o passeio no carrossel vintage e a descida no escorregador espiral, além de visitar Papai Noel na gruta mágica.

Confira também: Festive Fables no centro de arte e cultura The Mac (16 a 24 de dezembro) para contar histórias festivas; Christmas Wonderland no centro de aventura ao ar livre The Jungle em dezembro; e The Music Box no Belfast Waterfront, um show de música festiva que celebra seu décimo aniversário este ano.

 

South Bank Winter Festival, Londres (9 de novembro a 27 de dezembro)

Este popular mercado de inverno retorna ao Southbank Centre, em Londres. Trata-se de uma atração sazonal com uma série de atrações familiares e divertidas nas margens do rio Tâmisa, que se transformam em um paraíso de inverno. Ao longo de todo o South Bank há cordões decorativos e lindas cabanas de madeira com luzes de Natal. Os produtos vão do peculiar ao tradicional, e há também tortas de carne, cidra temperada e canecas fumegantes de vinho quente e chocolate quente, e pratos internacionais que podem ser consumidos no local ou levados de presente. Não se esqueça de fazer uma selfie junto à enorme árvore de Natal!

Confira também: Como você está em um dos pontos culturais da capital, reserve seu lugar para ver uma das performances disponíveis no Southbank Centre , de concertos de Natal e apresentações de corais, os espetáculos de conto de fadas de Rumpelstiltskin (13 de dezembro a 6 de janeiro de 2019) e Belle Epoque, e as atrações circenses do Circus 1903 (19 de dezembro a 5 de janeiro de 2019). Há também uma série de oficinas, tais como a Winter Knees Up, contação de histórias e música para todas as gerações.

 

Cardiff Christmas Market, sul do País de Gales (15 de novembro a 23 de dezembro)

Situado em cinco ruas fechadas para pedestres no centro de Cardiff, este mercado já está funcionando a todo vapor desde meados de novembro, permitindo que os locais e os visitantes tenham bastante tempo para encontrar o presente perfeito. Seu foco é trazer feirantes, artistas e artesãos que vendem produtos originais feitos à mão.  Há uma abundância de opções de comida e bebida nas mais de 200 barracas, além de muita música, luzes festivas e entretenimento transformando as ruas.

Confira também: Depois de fazer compras, você estará no local perfeito para visitar o Winter Wonderland de Cardiff (de 15 de novembro a 6 de janeiro), incluindo uma pista de gelo coberta e a Gruta do Papai Noel, que fica no cenário espetacular do Cardiff Castle; Santa Tours at the Principality Stadium (datas a confirmar); e escolha entre quatro balés de Natal no St David's Hall (19 a 31 de dezembro).

 

Manchester Christmas Markets, noroeste da Inglaterra (9 de novembro a 22 de dezembro)

Nem um nem dois, e sim DEZ locais receberão os mercados de Natal premiados de Manchester, o que significa que, onde quer que você esteja na cidade, não estará longe de barracas com presentes festivos e deliciosas opções gastronômicas – entre elas, salsichas tradicionais, paella, porco assado e muito mais. Há mais de 300 bancas e chalés em toda a cidade, vendendo joias, bijuterias, brinquedos, plantas, bolsas, objetos para casa, presentes divertidos e o que você imaginar. Cada mercado tem seu próprio estilo. Há o mais tradicional, o mercado francês, o mercado alemão, o mercado mundial de Natal e um mercado dedicado de artes e artesanatos.

Confira também: Winter Funland , que será realizado em um local coberto e inclui atrações de feiras, pista de patinação no gelo, circo e outras apresentações divertidas (de 7 de dezembro a 1º de janeiro de 2019); a Orquestra de Manchester executando a Halle’s Christmas music extravaganza no Bridgewater Hall (21 de dezembro); e  Ice Village Manchester , a maior atração do gelo do Reino Unido, que incluirá um Bar do Ártico, a Gruta do Papai Noel e uma pista de gelo (9 de novembro a 5 de janeiro de 2019).

Dundee

Dundee

Five luxurious ways to travel around Britain

Celebrate Global Champagne Day with a sparkle in the UK

Five family-friendly activities in London fit for royalty

48 Hours in Inverness and Loch Ness

O filme "Retorno do Mary Poppins" e o mundo do Sr. Banks (Bancos) em Londres

O mundo dos "bancos" está no centro da história de Mary Poppins. Além da babá mágica, os personagens principais são da família Banks, começando pelo Sr. Banks, que está preocupado com seu trabalho em um… você adivinhou, um banco! O próprio Reino Unido tem uma longa história bancária, com edifícios que abrigaram as filiais dos maiores bancos do mundo agora transformados em elegantes hotéis e restaurantes. Como o novo longa-metragem O Retorno de Mary Poppins chegou às telas no Brasil, então, o momento é perfeito para procurar sua própria experiência de “Banks” no Reino Unido.
 

Ficar

The Ned, Londres

Um marco da cidade de Londres desde 1925, a construção hoje ocupada pelo hotel de luxo The Ned foi sede do Midland Bank da Grã-Bretanha, um impressionante edifício concebido por Sir Edwin Lutyens – um dos maiores arquitetos britânicos da história – que foi a maior câmara de compensação bancária em sua época. Agora um hotel cinco estrelas, parte do Soho House & Co Group e do Sydell Group, ele traz do seu legado bancário a construção elegante, dominada por tetos abobadados e grandes portas. Os quartos incluem o aconchegante Crash Pad e as suítes Grand Heritage, abrigadas no quinto andar, todo ele tombado como patrimônio Grau I. Mas a pièce de résistance do hotel é seu espetacular salão de restaurantes. Oito restaurantes, especializados nas culinárias italiana, britânica, americana e francesa, ficam no antigo salão bancário, cada um com seu próprio espaço, separado por 92 colunas em pedra verdita e balcões em nogueira.

 

The Old Bank Hotel, Oxford, Inglaterra

Rodeado pela impressionante arquitetura das antigas faculdades da Universidade de Oxford, bem como a Bodleian Library, o Old Bank Hotel ainda consegue se sobressair em Oxford graças ao seu design fantástico. Ele se tornou um banco de verdade a partir de 1808, e tinha fortes ligações com a universidade ­– o autor de Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll, era um de seus clientes. A propriedade cinco estrelas tem 42 quartos, muitos com vistas deslumbrantes dos pontos de interesse de Oxford. Além disso, The Old Bank Hotel passou recentemente por uma reforma, resultando na criação de um quarto na cobertura e terraço com vista para o horizonte de Oxford.

 

Harbour Hotel & Spa, Bristol, sudoeste da Inglaterra

O Harbour Hotel & Spa, no centro de Bristol, está alojado em dois edifícios que serviram como bases do Lloyds Bank. Desenhado pelo famoso arquiteto vitoriano William Bruce Gingell, que se inspirou na Venetian Library do século 16, o hotel possui uma impressionante fachada e belos interiores. O antigo salão do banco é imenso e frequentemente recebe eventos. Já os antigos cofres do banco abrigam agora o spa de luxo do hotel. Na piscina de hidroterapia, você pode aproveitar as terapias sabendo que está relaxando no local onde muito dinheiro já foi guardado!

 

Inn on the Mile, Edimburgo, Escócia

Ele pode não estar na mesma escala grandiosa de alguns edifícios-sede de banco do passado, mas este hotel boutique na Royal Mile de Edimburgo tem cuidadosamente conservada muitas das características originais do prédio, que abrigou o British Linen Bank, construído em 1923. O hotel oferece nove quartos com grandes janelas, tetos altos e cornijas originais. Seu pub também homenageia o patrimônio bancário na sua decoração e estilo.

 

Hotel Gotham, Manchester, noroeste da Inglaterra

Sir Edwin Lutyens deixou sua marca em Manchester quando projetou a construção de um antigo banco que hoje abriga o Hotel Gotham. Com arquitetura de tirar o fôlego, o hotel de luxo é uma homenagem ao objetivo original do edifício, mantendo toques de época como os balcões de madeira polida, sinônimo de bancos do século passado. O hotel cinco estrelas dispõe de 60 quartos, incluindo cinco suítes Inner Sanctum, duas delas batizadas de "Bank Manager’s Suites". Os hóspedes (e membros) têm acesso ao VIP Club Brass Lounge, que é acessado através de duas portas de cofre.

 

Comer

Old Bank of England, Londres

O nome do pub e restaurante resume o passado desse endereço, localizado na antiga filial de Law Courts do Bank of England, junto à histórica Fleet Street, na City of London. Depois de uma reforma incrível, o Old Bank of England atualizou o interior ornamentado do local onde aconteciam os negócios do Bank of England entre 1888 e 1975. Aqui você desfruta de saudáveis ​​refeições britânicas (incluindo tortas artesanais e fish and chips) cercado de história. O porão ainda contém os cofres originais usados ​​para armazenar barras de ouro e algumas das joias da coroa durante a Primeira Guerra Mundial. Os dois cofres abrigam agora a adega e a cozinha do local.

 

The Corinthian Club, Glasgow, Escócia

Cinco andares do que antes era um antigo banco e tribunal no coração de Glasgow agora abrigam o restaurante, bar e espaços para eventos do The Corinthian Club. Um dos edifícios mais elaborados da cidade, o Club manteve muitas das características originais do Glasgow & Ship Bank (que foi construído em 1842), como a impressionante cúpula de vidro de oito metros e o delicado trabalho em gesso. Reserve uma mesa na Teller's Brasserie do Club para uma refeição com influência francesa usando produtos escoceses.

 

The Wolseley, Londres

Situado em Piccadilly, The Wolseley funciona no estilo do Grand Café europeu, que serve tudo, do café da manhã ao jantar – e é também um lugar para ver e ser visto. Além da comida, o próprio edifício e seus arredores atraem os frequentadores. O local começou com um showroom de carros da Wolseley Motors em 1921 e tornou-se uma filial do Barclays Bank em 1927. O arquiteto William Curtis Green criou um prédio opulento, com pilares de mármore e arcadas, depois acrescentando escritórios bancários e salas de gerência, que hoje servem como bar e salão de chá. Quando o local se tornou The Wolseley, muitos aspectos do design original, incluindo o teto abobadado e o piso de mármore, foram mantidos.

 

The Dome, Edimburgo, Escócia

O restaurante é perfeito para a tradicional cozinha escocesa e fica no que foi outrora uma das mais impressionantes agências bancárias da cidade, com decoração opulenta até hoje. Localizado na New Town de Edimburgo, o local tem uma elegante fachada greco-romana e o pórtico coríntio para receber seus comensais. Você pode jantar sob a cúpula no Grill Room, entre paredes com painéis de madeira e espelhos Art Deco no clube, ou tomar o chá da tarde sob os lustres de cristal da sala de chá.

 

Potted Pig, Cardiff, sul do País de Gales

A cozinha britânica moderna e as influências culinárias francesa e americana compõem o cardápio do Potted Pig de Cardiff, situado num antigo cofre do Lloyd's Bank. Os menus mudam a cada estação e os pratos são servidos no restaurante subterrâneo, que manteve uma série de características originais, tais como as portas da gaiola de ferro fundido e os tetos arqueados. A alvenaria exposta, os pisos de madeira e os sofás confortáveis ​​do seu Gin Lounge tornam o local perfeito para experimentar a sua enorme variedade de gins exclusivos.

 

Divertir-se

Bank of England Museum, Londres

O Bank of England pode não estar aberto aos visitantes, mas você pode explorar seu fascinante museu na cidade de Londres. Cinco galerias diferentes contam a história econômica e a do Bank of England desde a origem do papel-moeda, e contrapõem exemplos de notas falsas e de notas modernas, mostrando a dificuldade na falsificação do dinheiro.

 

Royal Mint Experience, Llantrisant, sul do País de Gales

O Royal Mint produz e distribui moedas e medalhas oficiais britânicas para cerca de 60 países a cada ano e sua localização no sul do País de Gales, a 30 minutos de carro de Cardiff, também vale o passeio. Faça um tour para descobrir como as moedas são fabricadas e a aproveite a chance para cunhar sua própria moeda. A experiência termina com uma exposição interativa dividida em seis zonas, que incluem a história e origens do Mint e os papéis que as moedas têm em nossas vidas.

 

Museum on the Mound, Edimburgo, Escócia

Perto da Princes Street de Edimburgo e do Castelo de Edimburgo, o Museum on the Mound está localizado na sede histórica do Bank of Scotland e conduz os visitantes através da história do dinheiro. Você poderá ver a nota mais antiga da Escócia, ficar cara a cara com um milhão de libras, ver como os cofres são abertos e aprender muito mais sobre o design, a tecnologia e a segurança do dinheiro neste museu de entrada gratuita.

 

Michelin Guide 2019 – ten winning British restaurants you have to eat at

Londres é rock’n’roll! - Novo filme "Bohemian Rhapsody - a história de Freddie Mercury"

 

O filme Bohemian Rhapsody - a história de Freddie Mercury chegou às telas no Brasil em 1º de novembro de 2018, contando a história da ascensão meteórica e do som revolucionário da banda de rock Queen, do surgimento à apresentação no Live Aid em 1985, bem como a história da vida extraordinária do vocalista e líder Freddie Mercury. O Queen se formou e viveu em Londres, cidade onde gravou sua música e tocou em shows lendários. Use o filme como inspiração para visitar a cidade e homenagear seus heróis da música, seja Queen ou Bowie, Pink Floyd ou Amy Winehouse, The Beatles ou Oasis. Afinal, Londres tem sido o lar e uma inspiração para todos. Veja como seguir os passos deles.

 

Passeios

Para marcar o lançamento do filme Bohemian Rhapsody, os fãs do Queen podem fazer uma turnê de rock sobre Freddie Mercury e sua banda. A Londres Rock Tours organiza um passeio de meio dia na capital totalmente focado no Queen. Ele passa pelos lugares de formação da banda - tais como o pub onde Freddie Mercury conheceu Brian May e Roger Taylor -, os estúdios de gravação e onde os músicos viveram. Você visitará os locais que desempenharam um papel importante na história da banda, bem como onde alguns de seus vídeos foram gravados e o endereço da última apresentação do Queen.

Outros passeios alternativos que incluem locais do ligados Queen, além de outras bandas britânicas, são o Rock Walk e o Classic Rock Legends. Você também pode caminhar até a última casa de Freddie Mercury, a Garden Lodge Mansion, no sofisticado bairro de Kensington. Embora continue sendo uma casa particular, você pode ler algumas das cartas que as pessoas escrevem para ou sobre o cantor e deixam no muro.

Londres é a cidade ideal para visitar numa viagem focada em música. A London Rock Tours também oferece aventuras musicais tais como o Classic Rock & Beatles Tour e o Punk and New Wave tour, entre muitos outros. A Rock 'n' Roll London Tour leva você ao redor dos locais ligados aos Beatles, Pink Floyd, Jimi Hendrix, The Sex Pistols, Blur e Oasis. A Undiscovered London organiza o Camden Markets and Music Legends Tour, no qual você aprenderá sobre a vida e a música de Amy Winehouse, Pink Floyd e outros artistas que viveram e trabalharam no bairro de Camden, no norte de Londres. Os fãs de David Bowie devem conferir a David Bowie Musical Walking Tour no bairro onde o artista vivia no sul de Londres, Brixton. Outra opção é viajar no tempo a bordo do Swinging 60s bus, que o transporta de volta à década crucial para a música.

Um simples passeio pelas ruas de Londres revelará locais que as lendas do rock britânico tornaram famosos. A Berwick Street, no Soho, é a rua que aparece na capa do álbum seminal do Oasis (What's The Story) Morning Glory. Baixe o aplicativo Blue Plaques para descobrir onde músicos como Jimi Hendrix e John Lennon viveram ou tocaram. Dê um passeio pela Denmark Street do Soho - carinhosamente conhecida como Tin Pan Alley por seu grande número de lojas de instrumentos musicais que serviram clientes famosos ao longo das décadas. Visite o Handel & Hendrix Museum em 23 Brook Street, onde você aprenderá sobre a vida de dois músicos muito diferentes que viveram neste endereço com séculos de diferença. E você não pode vir para a capital da Inglaterra sem recriar a lendária travessia dos Beatles que virou capa do álbum Abbey Road - vá até o bairro de St John's Wood e fotografe seus passos na faixa de pedestres mais famosa do mundo (atente para o tráfego!). Qual Beatle você será?

 

Compras

Você é fãs de discos de vinil? Londres é um paraíso para os viciados em vinil. Dê uma olhada nos álbuns da Rough Trade West (a original, que abriu em 1976) perto de Portobello Road, ou seu carro-chefe no Reino Unido, a Rough Trade East no Old Truman Brewery (também casa para apresentações ao vivo). A Rekless Records vende discos de segunda mão há mais de 40 anos e tem uma enorme coleção de vinis e CDs. Por sua vez, Flashback Records tem três lojas em Londres - em Islington, Shoreditch e Crouch End -, com milhares de vinis de segunda mão, assim como a Sister Ray Ace em Shoreditch, que também organiza espetáculos de música ao vivo. E, se você estiver em Londres durante o Record Store Day (13 de abril de 2019), pode assistir uma grande variedade de apresentações gratuitas em lojas de discos independentes. Também, a rua comercial de Carnaby Street celebrará o novo filme com instalação de luz a e “loja de pop up.”

 

Ficar

Com inauguração prevista para a primavera de 2019, o Hard Rock Hotel, localizado na esquina da Oxford Street com a Park Lane, onde é o atual Cumberland Hotel, trará sua coleção de relíquias para homenagear antigos residentes e hóspedes como Jimi Hendrix, Diana Ross, Bob Dylan, Stevie Wonder e Madonna. O Hard Rock Hotel London terá cerca de 1.000 quartos e suítes elegantes, juntamente com dois bares vibrantes e um animado Hard Rock Cafe®. No lobby, a mundialmente famosa Rock Shop® contará com os icônicos produtos do Hard Rock.

K West Hotel & Spa pode ser um retiro de quatro estrelas no oeste de Londres, mas também se orgulha de seu estilo e ambiente vanguardista. E isso se deve à sua localização dentro de antigos estúdios de gravação, onde lendas como The Kinks e Bob Marley gravaram faixas. O seu Studio Bar é todo mobiliário chique e lustres, hospedando uma multidão urbana descolada nos fins de semana.

Hotel butique no bairro de Notting Hill, o Portobello Hotel tem um “honesty bar” (sem atendentes; você deixa o dinheiro do que consumir), o que pode ser uma das razões por que tantos músicos e bandas famosos se hospedaram por aqui. Reserve um quarto aqui e você estará na companhia de hóspedes que incluíram U2, Mick Jagger, Blur, Alice Cooper, Oasis e Sex Pistols - embora nem todos ao mesmo tempo (isso seria uma festa bem louca!)

Karma Sanctum Soho convida você a “viver a vida de rock star” - o que combina perfeitamente com o bar 24 horas e a banheira de hidromassagem. Duas moradias georgianas foram convertidas em 30 quartos de hotel. O hotel butique combina com a história artística e de vanguarda de Soho. Os membros do Motorhead teriam se hospedado aqui.

 

Divertir-se

Quer tomar uma cerveja nos mesmos locais que seus heróis do rock beberam ou tocaram? Londres está repleta de pubs e bares onde seus artistas deram início às suas carreiras. O pub The Dublin Castle em Camden, por exemplo, já recebeu The Killers, Blur e Amy Winehouse como artistas e clientes. Confira também o Camden Assembly, (anteriormente conhecido como The Barfly), um bar onde Oasis, Coldplay e Franz Ferdinand fizeram arte, bem como The Good Mixer, ainda um local de música ao vivo e um pub onde Amy Winehouse, Blur, Pulp e Oasis eram ou são vistos. Em Earl's Court, The Troubadour é um local de música histórico onde Bob Dylan e Jimi Hendrix tocaram. Já em Islington, o pub The Hope & Anchor já recebeu bandas como U2, The Police e The Stranglers enquanto eles subiam no mundo da música. Os fãs dos Rolling Stones podem comer alguma coisa no restaurante Sticky Fingers  de Bill Wyman, em Kensington.

Annual events in Britain - 2019