Provando o outro lado das cidades da Grã-Bretanha

“O que tem para o jantar?” Nas cidades britânicas, a pergunta pode levá-lo a qualquer lugar. A culinária da Grã-Bretanha está em constante mudança – tal como os cardápios sazonais dos nossos restaurantes com estrelas Michelin. E, assim como as barracas de comida de rua em nossos mercados, a gastronomia é fresca, diversificada e cheia de sabor.  Enquanto a nação se prepara para brindar o Jubileu de Platina da Rainha no verão britânico, nossos chefs também defendem a sustentabilidade – promovendo a culinária local, usando ingredientes de baixo impacto e levando pratos à base de plantas a novos patamares.

Sabemos que você está com fome de uma nova aventura, então reservamos um lugar para você. Aqui está o que está no cardápio…

Mercados de comida de rua e lugares efervescentes

Smiling man working at BABA G's Food Stall, Pop Brixton, Brixton, London.

Para entender de verdade o que faz uma cidade funcionar, basta comer sua comida de rua. Não há melhor maneira de se conectar com um lugar – e seu povo – do que provando os melhores petiscos locais e conhecendo seus talentosos criadores. Basta olhar para o Brixton Market de Londres, onde tortas e cervejas britânicas são servidas ao lado de frango condimentado jamaicano, dosas indianas (um tipo de crepe) e curry japonês. Mais de 70 culturas estão representadas aqui – um delicioso sabor da vida no sul de Londres.

No Food Festival de Edimburgo (julho de 2022), você poderá provar desde lagosta de East Lothian a suculentos hambúrgueres das Highlands. Já o Riverside Market de Cardiff combina petiscos tradicionais galeses (pense em queijos, pães e bolo bara brith frutado) com sabores da Itália, França e Portugal. Para ir mais fundo, participe de um tour de degustação com a Loving Welsh Food: explorando Cardiff a pé, você provará carnes curadas, frutos do mar e o laverbread, uma pasta típico galesa feita de algas.

Em algumas cidades, os mercados surgem nos lugares mais improváveis, transformando recantos pouco conhecidos em verdadeiros pontos gastronômicos – como o Spark, no centro de York, com pizzarias, bares de burritos e churrascarias funcionando em contêineres. Em Bristol, o Boxhall (a ser inaugurado em junho de 2022) levará um salão de comida de rua e música ao vivo para o renomado porto da cidade. Manchester, por sua vez, abriga o Escape to Freight Island, que transformou um antigo depósito ferroviário em Mayfield em um local espetacular para restaurantes independentes, shows e noites de comédia.

Bares e microcervejarias que valem a visita

A Grã-Bretanha tem paixão por pubs e pints de cerveja, mas espere até provar nossos uísques, gins e sidras artesanais. Para bebedores exigentes, há muito a descobrir – e as cervejarias e destilarias do país oferecem passeios e degustações em abundância. Em Glasgow, a Drygate Brasserie tem 23 cervejas em torneira, bem como uma seleção de garrafas com curadoria, todas provenientes de sua cervejaria premiada. Em Birmingham, a Indian Brewery Taproom celebra as diversas raízes da cidade, combinando suas cervejas artesanais e IPA com comida de rua picante.

Na Glengoyne Distillery, perto de Glasgow, você pode saborear os tons de mel dos single maltes, a poucos passos dos reluzentes alambiques de cobre. A cervejaria familiar, de ambiente acolhedor, produz uísque desde 1833, mas está cheia de ideias inovadoras – com suas próprias colmeias, pântano com vida selvagem e energia 100% renovável. Enquanto isso, a Cooper King Distillery de York criou o primeiro gim de carbono-negativo do mundo (seco e aromático), e o Oxford Artisan Distillery defende a agricultura orgânica de baixo impacto com seus uísques premiados. Todos os locais oferecem visitas guiadas, para que você possa ver (e provar) as bebidas e conhecer os produtores.

Depois de provar os drinques da Grã-Bretanha, você pode até tentar criar o seu próprio – com uma pequena ajuda dos especialistas, é claro. Em uma Gin Making Experience na Hensol Castle Distillery, perto de Cardiff, é possível selecionar as ervas, ter a experiência prática do processo de destilação e levar sua criação para casa para desfrutar. Prefere cerveja? Torne-se um chefe cervejeiro com a oficina Beer Making  da London Beer Lab. Se a pedida é uísque, participe de uma sessão Blend Your Own na Scotch Whisky Experience de Edimburgo.

Refeições deliciosas e sustentáveis

Comer de forma sustentável não apenas ajuda o meio ambiente: aproxima você do coração de um lugar, conecta-o às comunidades locais e inspira nossos restaurantes a experimentar coisas novas e emocionantes. É o que acontece no restaurante italiano Contini George Street, em Edimburgo, que tem suas próprias colmeias espalhadas pela cidade – incluindo duas na Scottish National Gallery of Modern Art. Seu cardápio é repleto de culinária local, com ingredientes fornecidos por 70 produtores artesanais.

Em junho de 2021, o Gauthier Soho de Londres se tornou 100% vegano, com o chef Alexis Gauthier emitindo um grito de guerra por uma abordagem mais “progressista e compassiva” à gastronomia. O resultado deixou os críticos em êxtase, celebrando a generosidade natural da Grã-Bretanha em pratos como risoto de trufas negras e quenelle do mar – um “caviar” ao mesmo tempo salgado e doce feito de algas. Muitos dos restaurantes com estrelas Michelin da capital também desenvolveram menus veganos, como Galvin La Chapelle em Spitalfields e Pied à Terre em Fitzrovia, provando que a gastronomia à base de plantas veio para ficar.

Mas isso não é novidade no Food for Friends de Brighton, que é especializado em cozinha vegetariana e vegana desde 1981. Seu menu sazonal, renovado constantemente, inclui novidades como “costelas” de milho verde com molho de churrasco de tamarindo ou berinjela vitrificada e satay de pimenta doce – sempre há algo novo para descobrir. Enquanto isso, em Cardiff, o Nook tem o apoio do Guia Michelin para seus vinhos orgânicos e biodinâmicos, todos perfeitamente combinados com especialidades de origem galesa.

 

Algumas restrições para viagens para e dentro da Grã-Bretanha podem estar em vigor por causa da Covid-19. Verifique sempre os sites individuais para obter as informações mais recentes, pois os detalhes estão sujeitos a alterações.

11 May 2022(last updated)

Leia também