A história do futebol inglês na série The English Game

Sente falta dos programas de futebol? A Netflix pode te ajudar. A nova série original The English Game, do mesmo criador de Downton Abbey, Julian Fellowes, explora a história do futebol e suas origens. É uma viagem ao passado, até meados de 1800, quando o jogo de futebol floresceu e cruzou as barreiras da luta de classes.

Yorkshire Dales National Park. Malham Cove is a curved crag of carboniferous limestone.

 

O futebol era jogado no início do século 19, mas não como o conhecemos hoje: era permitido jogar com os pés e com as mãos. Até que em 1863, durante um encontro entre clubes no pub Freemasons Tavern(hoje Freemasons Arms) em Covent Garden, Londres, foi criada a FA - Football Association. A associação criou novas regras e deu forma ao futebol que conhecemos hoje. Mas nem todos os clubes aceitaram... os dissidentes acabaram criando a União de Futebol de Rugby, em 1871.

Com a inclusão do futebol em renomadas escolas inglesas, o esporte passou a ser muito praticado pelas classes mais altas. E a série The English Game fala exatamente sobre a chegada do futebol à classe operária da Inglaterra.

Os fatos por trás da série (alerta de spoiler!)

Muitos dos personagens principais, incluindo Arthur Kinnaird e Fergus Suter, existiram e mantiveram seus respectivos papéis na vida real. 

A série explora uma perspectiva social sobre a Inglaterra e a diferença de classes na época. Os times da classe alta vinham de colégios no sul do país, onde a riqueza e a política eram predominantes. Esses times ganharam todos os títulos da Copa da Inglaterra (FA Cup) em seus primeiros anos. Os Old Etonians, time que aparece na série, chegaram à final seis vezes em nove anos. O time pertence ao Eton College, até hoje uma das escolas mais caras do Reino Unido, onde estudaram os príncipes William e Harry. A escola fica próxima ao Castelo de Windsor.

Nesse meio tempo, o futebol ficou incrivelmente popular entre as classes operárias do norte da Inglaterra, onde a manufatura era predominante. Inúmeras fábricas e empresas têxteis tinham seus próprios times, muitos dos quais passariam a ocupar seu lugar nas primeiras ligas de futebol. Os confrontos que aconteciam em campo acabavam por representar a sociedade em geral.

Locações

A maior parte das locações ficam no norte da Inglaterra - Lancashire, Liverpool, Manchester e Yorkshire. Na série, a história acontece na pitoresca Darwen, em Lancashire. Para as filmagens o cenário escolhido foi a charmosa Saltaire, em Yorkshire,  uma referência histórica das vilas industriais graças à fábrica têxtil de Sir Titus Salt, que acabou listada como patrimônio mundial da UNESCO. 

Já as cenas palacianas de The English Game acontecem na Broughton Hall, um palácio neoclássico em Yorkshire. O local é classificado como de grande importância história e arquitetônica, e seus espetaculares jardins também aparecem nos filmes O Morro dos Ventos Uivantes, A Garota do Calendário e na série Gentleman Jack.

Broughton Hall, Yorkshire. A large stately home, part of the Broughton Hall Estate.

 

Para representar o refinado bairro de Mayfair em Londres, a série usou o Georgian Quarter em Liverpool. Outras ruas da cidade também foram usadas para representar a capital britânica, assim como o interior do palacete Croxteth Hall, usado como a sede da FA em Londres nos anos 1880.

Já  o jogo da final foi filmado no Stamford Park, em Manchester. O campo é famoso por ter sido um dos primeiros parques designados para esportes. Mas a verdadeira final da Copa da Inglaterra de 1883 aconteceu no Kennington Oval, em Londres, hoje referência em criquete (é a casa do time Surrey County Cricket há 175 anos).

 The Oval Cricket Ground in South London. An international cricket ground.

 

Na série também é possível ver o Eton College. A partida entre os Old Etonians (time da casa!) e o Darwen foi filmada no próprio local, com a bela capela da histórica escola ao fundo.

13 May 2020(last updated)

Mais artigos