Nos passos da Realeza: 10 atrações para visitar

Wednesday 31 January 2018

Há algo na Família Real da Grã-Bretanha que fascina a todos nós. Talvez pela monarquia ter atravessado séculos de história e ainda preservar com afinco suas tradições; talvez pela pompa e pelo glamour. Mergulhe no universo da Família Real visitando 10 de seus palácios, castelos e até iate na Grã-Bretanha!

Palácio de Buckingham, Londres

Buckingham é a residência oficial da Rainha em Londres. O palácio conta com 775 cômodos, mas nem todos são da monarca - como Buckingham é uma sede administrativa, são 188 quartos dedicados aos funcionários e 96 escritórios. A Rainha fica em Buckingham de segunda a sexta - no fim de semana, ela segue para Windsor. Já no verão a Rainha aproveita para ficar em seu castelo na Escócia, e é nesta época que as portas do palácio são abertas para visitação, de julho a setembro.

Palácio de Kensington, Londres

O Palácio de Kensington é o lar da nova geração de monarcas da Grã-Bretanha - lá vivem o príncipe William, a duquesa Kate e os pequenos George e Charlotte. Também é a morada do príncipe Harry, enquanto solteiro. Antes foi o lar da princesa Diana, e a exposição permanente dos vestidos deslumbrantes usados por ela é um dos motivos que atraem visitantes ao local.

Castelo de Windsor, Windsor

Windsor é o maior castelo habitado do mundo e tem sido lar de reis e rainhas há mais de mil anos. Para saber se a Rainha está em casa, basta olhar a bandeira sobre a Round Tower: se for a bandeira da monarquia, Elizabeth II está em casa. Visitar o castelo a partir de Londres é fácil - um trem conecta as duas cidades em um trajeto de 30 minutos.

Castelo de Hever, Kent

Apesar de a atual Família Real não usar Hever como residência, este castelo tem um passado histórico importante. Aqui viveu Ana Bolena, a primeira esposa do rei Henry VIII, condenada à morte por ele. Este acontecimento trouxe grandes transformações para a Inglaterra e esta é a história que você pode conhecer melhor ao visitar o castelo.

Sandringham House, Norfolk

No leste Inglaterra, Sandringham House é uma propriedade privada da Família Real, ao contrário de Buckingham, Windsor e Kensington, que pertencem à Coroa (parece a mesma coisa, mas não é!). Sandringham era a residência favorita do rei George V, pai de Elizabeth II, e tradicionalmente o Natal é comemorado lá ano a ano. De abril a outubro a Sandrigham House fica aberta à visitação.

Castelo de Balmoral, Terras Altas

Situado em meio às montanhas escocesas, o Castelo de Balmoral é a residência da Rainha na Escócia, para onde ela segue nos meses de agosto e setembro. Há passeios pelas florestas do Balmoral Estate, com guias especialistas, à bordo de Land Rovers. Um passeio ideal para quem gosta de natureza. O castelo em si pode ser visitado entre os meses de abril e julho.

Palácio de Holyrood, Edimburgo

Em um dos extremos da Royal Mile, o Palácio de Holyrood é a residência oficial da Rainha em Edimburgo, na Escócia. Todo verão a monarca passa uma semana no palácio, antes de seguir para Balmoral. Mas Holyrood é famosa mesmo por conta de Mary, rainha dos escoceses, que viveu no palácio no século 16 e se tornou um dos grandes personagens da história do país. 

Iate Real Britannia

O Royal Yacht Britannia é o antigo iate da Família Real, que se tornou atração em Edimburgo. A embarcação esteve em uso por 43 anos e levou a Rainha em missões e viagens ao redor do planeta. Visitá-la é uma oportunidade única de ver de perto a suíte da Rainha, por exemplo. Aliás, a Rainha gostava tanto do iate que se emocionou na cerimônia de desativação, em 1997.

Palácio de Hampton Court, Londres

O Palácio de Hampton Court não é frequentado pela atual Família Real, mas tem altas histórias para contar sobre o rei Henry VIII, que escolheu (e confiscou!) este palácio nos arredores de Londres para torná-lo a sua morada principal. Hampton Court é belíssimo, seus jardins são exuberantes e seu labirinto é imperdível.

Tower of London, Londres

A Torre de Londres não é uma residência oficial nos dias de hoje, mas já foi o centro do poderoso Império Britânico no passado. Por conta disso, tornou-se Patrimônio da Humanidade. Mas o destaque aqui é a exposição permanente Crown Jewels - o único lugar onde é possível ver de perto a coroa e o cetro usados pelos reis e rainhas que já passaram pelo trono da Grã-Bretanha. 

Últimos posts

15 passeios gratuitos em Londres

15 passeios gratuitos em Londres

8 programas para fãs do futebol na Inglaterra

8 programas para fãs do futebol na Inglaterra

10 jardins para visitar na primavera

Blickling Hall, Norfolk © Matthew Antrobus
10 jardins para visitar na primavera

7 tradições curiosas da Família Real

7 tradições curiosas da Família Real

Nos passos da Realeza: 10 atrações para visitar

Nos passos da Realeza: 10 atrações para visitar