Deslocando-se pela Grã-Bretanha

Viajar de carro

A maior diferença para a maioria dos motoristas estrangeiros é que na Grã-Bretanha você dirige do lado esquerdo, com os respectivos ajustes nas rotatórias e junções. As distâncias são medidas em milhas. Depois que você se acostuma, a Grã-Bretanha rural é um lugar agradável para se dirigir, contudo, o tráfego intenso nas cidades e nas movimentadas épocas de feriado podem causar atrasos - fins de semana prolongados na costa sul podem ser particularmente caóticos. Viajar pelo país pode ser bastante tranquilo, graças a uma ampla rede de rodovias e estradas principais livres de pedágios.

 

O que você precisa

Para dirigir na Grã-Bretanha você vai precisar de uma carteira de habilitação atualizada com uma permissão internacional para dirigir, se necessário. Você também deverá manter com você uma prova de propriedade ou o contrato de aluguel do veículo, além dos documentos de seguro.

 

Estradas na Grã-Bretanha

Nas cidades a hora de rush pode durar das 8 às 9:30 da manhã e das 17:00 às 19:00 h de segunda à sexta-feira; nestes horários o trânsito pode ficar parado.

Um bom mapa é essencial e atlas rodoviários AA ou RAC são ótimos recursos. A série Ordinarice Survey é a melhor para explorar áreas rurais. A maioria dos carros alugados incluem GPS. As estradas são marcadas com um “M” seguido do número que as identifica. Estradas “A”, por vezes com dupla faixa de rodagem (ou seja, duas faixas em cada direção), são as rotas principais enquanto que as estradas “B” são secundárias. Estas últimas costumam ser menos congestionadas e mais agradáveis. As áreas rurais são cruzadas por uma teia de pequenas pistas.

 

Sinais rodoviários

A maioria dos sinais é padronizada com o que é usado na Europa. Sinais de direção apresentam duas cores: azul para estradas, verde para rotas principais e branco para rotas secundárias. Sinais marrons indicam locais de interesse. Os sinais de advertência ou alerta geralmente são triângulos em vermelho e branco, com um pictograma de fácil entendimento. Observe os anúncios eletrônicos nas rodovias que alertam sobre obras na estrada, acidentes ou trechos com neblina.

Cruzamentos de nível, em linhas ferroviárias, costumam ter barreiras automáticas. Se as luzes estiverem piscando em vermelho, isto significa que um trem está se aproximando e você deve parar.

O Código de estradas rodoviárias do Reino Unido, disponível online no website do Departamento de transportes, é um guia atualizado de todas as regulamentações de direção britânicas e dos sinais de trânsito.

 

Regras da estrada

Os limites de velocidade são 20 a 40 mph (50 a 65 km/h) em zona urbana e 70 mph (110 km/h) em rodovias e em estradas com dupla faixa de rodagem. Observe as placas de limite de velocidade em outras estradas. O uso do cinto de segurança é obrigatório na Grã-Bretanha. As multas por dirigir embriagado são severas; veja os limites legais no Código de estradas rodoviárias do Reino Unido. O uso do telefone celular durante a direção é ilegal, a menos que operado no modo de mãos livres.

 

Estacionamento

Os parquímetros operam durante o horário comercial (geralmente das 8:00 às 18:30, Seg–Sáb). Tenha sempre moedas para poder utilizá-los. Algumas cidades têm sistema de “park-and-ride”, onde você pode tomar um ônibus de um estacionamento fora da cidade até o centro. Outras cidades têm programas de estacionamento onde você compra um cartão no balcão de informações de turismo ou bancas de jornais, preenche os horários de estacionamento e deixa exibido no painel do carro. Evite sempre linhas duplas vermelhas ou linhas amarelas; linhas simples significam que você pode estacionar à noite ou nos fins de semana, mas verifique a sinalização. A fiscalização de trânsito não hesitará em multar, bloquear ou rebocar seu carro. Na dúvida, procure um estacionamento. Fora de áreas urbanas e zonas turísticas populares, é muito mais fácil estacionar. Procure placas de sinalização com um “P” azul indicando estacionamentos. Nunca deixe objetos de valor ou bagagem no veículo, pois é comum a ocorrência de roubos, principalmente nos centros urbanos.

 

Gasolina

Grandes supermercados costumam oferecer o melhor custo benefício; procure por lojas Asda, Morrisons ou Sainsbury que tenham postos de combustível. Postos de estrada e em regiões rurais ou isoladas são geralmente mais caros. A gasolina vendida tem três classes: diesel, LRP (gasolina com substituto de chumbo) e gasolina sem chumbo. Os carros britânicos mais modernos usam gasolina sem chumbo e todo veículo alugado se encaixa nesta categoria. A gasolina sem chumbo e o diesel são mais baratos do que LRP. A maioria dos postos de combustível da Grã-Bretanha são de autosserviço e as instruções nas bombas são fáceis de acompanhar.

 

Serviços de assistência

As maiores organizações de automóveis da Grã-Bretanha são a AA (Automobile Association) e a RAC (Royal Automobile Club). Elas oferecem abrangente assistência 24 horas para membros, bem como diversos serviços para veículos. Ambas oferecem assistência mútua para membros de organizações de automóveis estrangeiros – antes de viajar, verifique se está coberto por este serviço. Entre em contato com a AA ou a RAC através dos telefones SOS disponíveis nas rodovias. O Green Flag é outro importante serviço de resgate na Grã-Bretanha.

A maioria das locadoras de veículos tem sua própria cobertura e as taxas incluem membros da AA, RAC ou Green Flag. Certifique-se de solicitar o número de serviço de emergência na sua locadora.

Mesmo que você não seja membro de uma organização afiliada, pode solicitar o serviço de resgate, porém, ele custará caro. Siga sempre as recomendações de sua apólice de seguro ou contrato de locação. Caso sofra um acidente resultando em ferimento ou que envolva outro veículo, chame a polícia assim que possível.

A Environmental Transport Association fornece orientações para a redução do impacto das emissões de carbono, além de oferecer um número para serviços de assistência rodoviária éticos.

 

Locação de veículo

A locação de um veículo na Grã-Bretanha pode ser cara. Os detalhes das locadoras nos aeroportos britânicos estão disponíveis no website VisitBritain. Uma das empresas nacionais mais competitivas é a Autos Abroad, porém, pequenas empresas locais podem oferecer taxas mais atraentes. Outras conceituadas locadoras incluem AvisHertzEuropcar Budget. É ilegal dirigir sem um seguro contra terceiros e recomendamos a contratação de um seguro totalmente abrangente. Grande parte das empresas exigem um número de cartão de crédito; caso contrário, poderá ser necessário deixar um depósito substancial. A retirada do veículo é feita com a apresentação da carteira de habilitação e um passaporte. A maioria das empresas não aluga carros para motoristas com habilitação recentes e pode haver limites de idade (geralmente de 21 a 74 anos). Carros automáticos também costumam estar disponíveis para locação. Se estiver visitando a Grã-Bretanha por três semanas ou mais, um contrato de leasing pode ser mais barato do que a locação. Lembre-se de incluir os custos de seguro ao verificar as taxas de locação.