Saiba antes de ir: informações úteis para você se planejar

Saiba antes de ir: instruções de viagem para Grã-Bretanha e Irlanda do Norte.

Atualizado em: 14/05/2021

Restrições de viagem estão em vigor na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte e a quarentena é exigida para visitantes internacionais e aqueles que retornam do exterior. O Brasil é um dos países inclusos na lista vermelha do Reino Unido. Passageiros que estiveram em países da lista vermelha nos últimos 10 dias terão a entrada negada no Reino Unido. A exceção são cidadãos britânicos e irlandeses, bem como brasileiros com direitos de residência no Reino Unido. Estes terão a entrada permitida, mas precisarão reservar uma estadia de quarentena obrigatória de 10 dias e testes de COVID-19. Os custos são de responsabilidade do viajante. Mais informações no site do Governo do Reino Unido.

Recomendamos que verifique as orientações governamentais mais recentes antes de viajar. Lembre-se de que Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte podem ter diretrizes e conselhos diferentes. Para mais informações sobre áreas específicas, verifique as páginas governamentais relevantes.

Regras estritas de teste e quarentena estão atualmente em vigor para chegadas internacionais no Reino Unido por causa do COVID-19. Os protocolos em vigor podem variar em diferentes partes do Reino Unido. Certifique-se de verificar os links abaixo para obter as orientações mais recentes para cada nação:

 

Inglaterra

Em 17 de maio a Inglaterra adotou um sistema de semáforos para classificar o grau de segurança em diferentes países. As categorias são Verde, Âmbar e Vermelho, sendo verde o mais seguro e vermelho o menos seguro. Cada cor tem um respectivo conjunto de regras de viagem. A lista será revisada a cada três semanas.

Em todos os casos, os viajantes devem fazer um teste de COVID-19 três dias antes de desembarcar no Reino Unido.

Se você estiver chegando à Inglaterra vindo de países da lista verde, não precisa ficar em quarentena na chegada, mas deve fazer um novo teste de COVID antes do segundo dia de sua chegada.

Se você estiver chegando de países da lista Amber, precisará ficar em quarentena por 10 dias após sua chegada à Inglaterra e deverá completar dois testes, um no dia dois e outro no oitavo dia após sua chegada.

Viagens a partir de países da lista vermelha são proibidas. Quem vier a partir de países da lista vermelha só poderá entrar no Reino Unido se for cidadão do Reino Unido ou da Irlanda, ou possuírem visto de residência no Reino Unido.

Mais informações, incluindo detalhes sobre conexões e escalas no Reino Unido estão disponíveis no site oficial do governo britânico.

Escócia

Um sistema de semáforos de verde, ambar e vermelho também foi aplicado na Escócia em 17 de maio. O que você deve fazer quando chegar à Escócia vindo do exterior depende de:

• onde você esteve nos 10 dias antes de chegar na Escócia
• se o país ou área de onde você viajou está na lista vermelha, ambar ou verde

Visite o site oficial do governo para encontrar informações completas sobre como viajar para a Escócia e seu sistema de semáforos.

 

País de Gales

O Governo galês confirmou que as viagens internacionais serão retomadas a partir de segunda-feira, 17 de maio. Um sistema de semáforos, alinhado com a Inglaterra e a Escócia, foi introduzido. Os países também serão classificados como Verde, Âmbar e Vermelho. A quarentena obrigatória para países que não estão na lista verde continua em vigor.

 

Irlanda do Norte

A Irlanda do Norte já possui um sistema de semáforos em vigor para os países âmbar e vermelho. Os viajantes devem visitar o site oficial da Irlanda do Norte para obter mais detalhes.

Inglaterra

Um 'roteiro' que descreve como as restrições de bloqueio serão amenizadas na Inglaterra foi publicado. É uma abordagem de quatro etapas, com a primeira etapa começando em 8 de março. Haverá um mínimo de cinco semanas entre cada etapa: quatro semanas para que os dados reflitam as mudanças nas restrições, seguidas por um aviso de sete dias das restrições a serem atenuadas. A progressão em cada etapa será baseada em quatro testes.

O mais cedo que podemos esperar para ver a abertura de alguma hospitalidade ao ar livre e self-catering (etapa 2) é 12 de abril, com a data mais próxima para atrações internas, hospitalidade e outras acomodações, juntamente com alguns eventos de negócios e eventos performáticos (com restrições de capacidade) (etapa 3) sendo 17 de maio. Viagens internacionais não serão permitidas até pelo menos 17 de maio.

Etapa 4 - não antes de 21 de junho - a esperança nesta fase é reabrir as configurações restantes, como boates e locais de entretenimento adulto, para levantar as restrições de contato social e grandes eventos que se aplicam na etapa 3. Isso está sujeito ao resultado de o Programa de Pesquisa de Eventos e uma revisão das medidas de distanciamento social.

Nos próximos meses, o Governo também estará conduzindo uma revisão sobre o seguinte:

• Distanciamento social e máscaras faciais

• A retomada das viagens internacionais - um sucessor da Global Travel Task Force apresentará um relatório até 12 de abril para que as pessoas possam se planejar para o verão

• Certificação de status COVID para permitir a reabertura de empresas, atento à discriminação e privacidade

• O retorno de grandes eventos.

 

Escócia

O governo escocês publicou seu roteiro para a flexibilização das restrições de bloqueio. O Strategic Framework atualizado apresenta uma abordagem em fases. Haverá um intervalo de pelo menos três semanas entre cada flexibilização de restrições para avaliar o impacto das mudanças em relação a seis ferramentas.

As três primeiras fases são voltadas para o retorno da educação. A fase 4 (não antes de 26 de abril) é quando haverá a reabertura gradual da economia, incluindo varejo não essencial, hospitalidade e serviços como academias e cabeleireiros. Mais detalhes estarão disponíveis em meados de março.

 

Gales

Em 19 de fevereiro, o primeiro ministro Mark Drakeford anunciou que o País de Gales permanecerá no nível de alerta 4, com uma revisão dentro de três semanas. O plano de controle do Coronavirus: níveis de alerta no País de Gales continua sendo sua principal ferramenta de planejamento.

Todos os passageiros e residentes que chegarem à Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, vindos de qualquer país, deverão preencher um formulário de localização (Public Health Passenger Locator Form), que coleta os seguintes dados:

 

  • Informações de contato
  • Detalhes da viagem (datas, endereços, etc)
  • Dados do passaporte

 

O formulário deve ser preenchido online e enviado 48 horas antes da sua chegada ao Reino Unido.

 

Após completar o formulário

Depois de preencher e enviar o formulário, você receberá um e-mail de confirmação com um documento anexado. Antes de chegar à fronteira, você deve:

  • imprimir uma cópia do documento
  • baixar o documento no seu telefone

 

Você precisará mostrar este documento quando chegar na Grã-Bretanha e na Irlanda do Norte. Os oficiais da Força de Fronteira irão escanear o código QR no topo deste documento, para verificar se você completou o formulário com sucesso. Para obter mais informações, incluindo o que fazer caso desenvolva sintomas de coronavírus durante a viagem, e como preencher o formulário se estiver viajando com alguém menor de 18 anos, visite a página oficial de informações do governo britânico.

Para ajudá-lo a planejar suas viagens futuras, nos unimos ao VisitEngland, VisitScotland, Visit Wales e Discover Northern Irland para lançar um padrão de qualidade para a indústria de turismo e hospitalidade da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, com a marca ‘We’re Good to Go’. Os portadores deste selo são empresas que estão aderindo às respectivas orientações do governo e de saúde pública, realizaram uma avaliação de risco COVID-19 e garantiram as mudanças necessárias para um ambiente seguro aos visitantes.

Para conquistar a marca ‘We’re Good to Go’, as empresas fazem uma avaliação por meio de uma plataforma online, incluindo um check-list de segurança. Um sistema de "alerta" garante que as empresas certificadas sejam notificadas de quaisquer alterações nas orientações oficiais.

Lembre-se de procurar a marca em sites de negócios individuais quando estiver pensando em planejar sua viagem online. Nosso mapa interativo lista todos os estabelecimentos de turismo e hotelaria que receberam o selo e estão prontos para receber visitantes de modo seguro.

Para tornar a sua viagem futura o mais agradável possível, recomendamos que você planeje com antecedência e informe-se sobre quaisquer instruções especiais, especialmente em espaços ao ar livre. Para garantir que todos façamos a nossa parte para viajar com responsabilidade, aqui estão algumas etapas gerais para quando as viagens forem possíveis novamente:

  • Lembre-se de que lockdowns locais podem ser implementados em áreas e momentos diferentes. Verifique o mapa interativo de restrições de bloqueio antes de viajar.
    Ao planejar um passeio para locais ao ar livre, verifique se instalações importantes - como banheiros e estacionamentos - estarão abertos, para não ser pego de surpresa. Você pode encontrar informações sobre banheiros públicos abertos em toda a Grã-Bretanha e Irlanda do Norte em Lockdown Loo.
    Se você tem uma atração em mente, verifique online se a pré-reserva é necessária.
    Na Grã-Bretanha e na Irlanda do Norte, é lei o uso de máscara facial no transporte público, como ônibus, trens, táxis e minicabs, a menos que você esteja isento de fazê-lo.
    Outros locais onde o uso da máscara é obrigatório podem variar conforme o destino. Consulte as orientações específicas para a Inglaterra, Escócia, País de Gales ou Irlanda do Norte.
    Ao chegar no aeroporto você deverá usar máscara facial dentro do terminal, usar o check-in online sempre que possível e minimizar a bagagem de mão. Também serão aplicadas restrições ao distanciamento social, de acordo com as regras específicas de cada nação.
    Mantenha dois metros de distância de qualquer pessoa fora de sua casa - isso não se aplica apenas a caminhadas, mas também a correr, andar de bicicleta e sentar. Observação: o distanciamento social é de dois metros na Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, mas foi reduzido para "acima de um metro" na Inglaterra. Consulte os sites relevantes de cada nação para obter mais informações.
    Alguns lugares podem ser extremamente populares. Por que não sair do popular e descobrir uma joia escondida?
    Certifique-se de ter um cartão de banco; muitos estabelecimentos atualmente aceitam apenas pagamentos sem dinheiro.
    Lave as mãos regularmente e leve álcool gel para as mãos para usar quando não houver lavatórios públicos disponíveis.

Informações e conselhos governamentais

Para obter as informações governamentais mais recentes e conselhos específicos sobre viagens em cada uma das quatro nações, visite:

 

Informações sobre restrições e lockdowns

Para obter informações sobre as atuais restrições e fechamentos na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, visite os sites oficiais acima.

Se você acha que tem sintomas de coronavírus, deve discar 111 para acessar a linha de ajuda do NHS para obter aconselhamento. O número gratuito para chamadas não emergenciais está disponível 24 horas por dia. Você pode encontrar as orientações de saúde mais recentes para cada nação nas páginas dedicadas à Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Departamentos hospitalares de acidentes e emergência (A&E) na Grã-Bretanha fornecem tratamento para emergências com risco de vida genuíno. Caso necessite de ajuda ou conselho médico em uma situação sem risco de vida, você deve ligar para 111 para acessar o serviço do NHS 111.

Os visitantes estrangeiros podem ter de pagar pelos cuidados hospitalares que recebem, e todos os visitantes são fortemente aconselhados a garantir um seguro de saúde com cobertura para a viagem. Qualquer teste e tratamento de coronavírus não incorrerá em nenhuma cobrança.

Você deve discar 999 em uma emergência para entrar em contato com os serviços de polícia, bombeiros e ambulâncias, bem como a guarda costeira. Você precisará indicar qual serviço você precisa. Outros serviços, como resgate em montanha e serviço voluntário da guarda costeira da Grã-Bretanha, o Royal National Lifeboat Institute, também podem ser acessados por meio deste número.

As chamadas são gratuitas de qualquer telefone, mas só devem ser feitas em emergências genuínas.

Se você estiver perdido, peça ajuda a um policial - eles são corteses, acessíveis e prestativos. Os guardas de trânsito também podem ajudá-lo com as direções. Se você foi vítima de um crime, entre em contato com a polícia discando 999 ou 101 para casos não emergenciais.

Os policiais de apoio à comunidade também trabalham com a polícia e também podem fornecer conselhos e orientações, além de orientações e outras informações importantes.

Usando o transporte público - máscaras faciais

 

Lembre-se, na Grã-Bretanha é lei o uso de máscara facial em todos os momentos dentro do transporte público, como ônibus, trens, táxis e minicabs, a menos que você esteja isento de fazê-lo.

As regras sobre o uso de máscaras faciais em outros locais, incluindo aeroportos e centros de transporte público, variam de país para país. Para obter mais informações sobre o uso de máscaras, visite os sites dedicados da InglaterraEscóciaPaís de Gales ou Irlanda do Norte.

A Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte deixaram a União Europeia e o período de transição terminou em 31 de dezembro de 2020.

A partir de 1º de janeiro de 2021, existem novas regras para aqueles que desejam nos visitar vindos do exterior. Para mais detalhes, verifique o site oficial do governo ou veja nossa página Visitando o Reino Unido a partir de 1 de janeiro de 2021. Há também novas regras para aqueles que desejam trabalhar e estudar na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, como parte de um novo sistema de imigração baseado em pontos para cidadãos da UE

Para mais informações, visite gov.uk e saiba mais.